CBOT: grãos devem abrir em alta com recuperação técnica

Indique a um amigo

Os contratos de soja, milho e trigo negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) devem abrir em alta nesta terça-feira, em recuperação técnica após as recentes perdas. O mercado de grãos norte-americano está pressionado pela escalada da disputa comercial entre Estados Unidos e China, que poderá ter tarifas recíprocas de até 25% sobre diversos produtos, inclusive grãos norte-americanos exportados ao país asiático.

Na soja, os contratos fecharam com queda superior a 2% na segunda-feira na CBOT, enquanto participantes do mercado acreditam cada vez menos em uma solução negociada para o impasse, que deve ter as novas tarifas comerciais em vigor na semana que vem.

Já no caso do milho, além das incertezas sobre as exportações à China, que provocaram queda de 1,89% na CBOT, o avanço da colheita do milho safrinha no Brasil também exerce alguma pressão no mercado, com ampliação da oferta brasileira.

Os contratos de trigo, por sua vez, acompanham o movimento do milho e também são pressionados pela guerra comercial com a China. Embora a China compre pouco trigo dos EUA, o setor de commodities agrícolas estava sofrendo a pressão da guerra comercial como um todo.

No overnight, o vencimento julho da soja avançou 4,75 cents (0,54%), a US$ 8,7925 por bushel. O milho para julho subiu 3,50 cents (1,00%), a US$ 3,5400 por bushel, enquanto igual vencimento do trigo ganhou 3,50 cents (0,73%), a US$ 4,8025 por bushel. 

Fonte: Broadcast Agro

Indique a um amigo