Com presença de El Niño, safra de verão da Argentina deve ser 40% melhor

Indique a um amigo

A expectativa dos argentinos é de que o mês de outubro conte com um fenômeno El Niño. Essa expectativa é tanto do campo quanto do Governo, que se encontram em uma situação delicada após a forte seca que provocou perdas financeiras.

O El Niño representa uma boa quantidade de chuvas. Tanto o meterologista Leonardo De Benedictis quanto José Luis Aiello, especialista em Ciências Atmosféricas da Bolsa de Comércio de Rosario (BCR), são dois especialistas que apontam para a incidência do fenômeno sobre a safra argentina.

Caso a previsão se confirme - em contraposição ao La Niña, símbolo da falta de chuvas, como ocorreu no primeiro trimestre deste ano - o contexto ambiental determinaria que a próxima safra de soja e milho seja muito melhor - aproximadamente 40% acima da que está sendo finalizada.

Os primeiros sinais dessa realidade vieram em abril, com chuvas que formaram um cenário ideal para o trigo, o principal cultivo de inverno da Argentina.

Fonte: Portal do Agronegócio

Indique a um amigo