Lavoura do trigo volta a ser beneficiada pela chegada das chuvas, diz Climatempo

Indique a um amigo

Áreas de instabilidade associadas a presença de um sistema de baixa pressão trouxeram chuva a diversas localidades do centro do país. Desde ontem à tarde, já houveram registros de chuva em vários pontos do Paraná, São Paulo e de Minas Gerais. Os volumes não foram altos, mas sim suficientes para aliviar o tempo seco e as altas temperaturas. No campo, apesar da chuva atrapalhar o pleno andamento da colheita da cana-de-açúcar, café e do milho, produtores também se alegram pelo retorno das chuvas, uma vez estão elevando parcialmente os níveis de umidade do solo e favorecendo o desenvolvimento das lavouras.

Devido a uma atmosfera quente e muito seca, a chegada desse sistema de baixa pressão e com a queda brusca das temperaturas em altos níveis, tivemos registros de queda de granizo em alguns pontos de São Paulo e do Paraná. Nesta terça-feira (31), é possível que sejam relatadas mais ocorrências, até porque há previsões de mais chuvas ao longo dessa semana sobre as áreas produtoras do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, metade sul de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

No Mato Grosso, Goiás e no cerrado mineiro, a previsão é que o tempo permaneça firme e sem chuva nos próximos dias. Entretanto, no final desta semana e começo da próxima, há chance de que ocorra algumas pancadas de chuva sobre essas localidades, que serão de fraca intensidade, mais suficientes para trazer fortes preocupações aos produtores de algodão, principalmente das regiões produtoras de Campo Verde, Primavera do Leste e de Rondonópolis, todas no Mato Grosso.

Resto da semana nas áreas produtoras

Além disso, a chuva prevista para ocorrer ao longo dessa semana sobre as áreas produtoras de trigo do Paraná, em especial sobre as regiões norte e noroeste e no sul de São Paulo, não irá reverter as perdas até agora contabilizadas por conta da forte estiagem associada as temperaturas acima da média, mas permitirá que não ocorram novas perdas. Ou seja, as condições ao desenvolvimento das lavouras de trigo irão voltar a ser beneficiadas.   

No Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, toda a semana será marcada pelo tempo seco e sem previsão de chuva. Com isso, o desenvolvimento das lavouras de inverno, em especial de trigo, será favorecido, já que as últimas semanas foram extremamente chuvosas, acarretando baixos taxas fotossintéticas e atrapalhando, portanto, o pleno desenvolvimento das plantas.

Fonte: Notícias Agrícolas

Indique a um amigo