Sequenciamento do genoma do trigo abre caminho para melhoramento genético

Indique a um amigo

O trigo é componente central da nossa dieta, sendo o principal alimento para mais de um terço da população humana do planeta e responsável por cerca de um quinto de todas as calorias e proteínas consumidas, mas o futuro do cereal está ameaçado pelas mudanças climáticas. Sensível a secas e inundações e com a produtividade afetada pelo calor, a planta pode sofrer com o aquecimento global. Por isso, a busca por variedades mais resilientes é urgente e o primeiro passo nesse sentido acaba de ser dado, com a publicação do seu genoma completo.

O feito ganhou a capa da edição desta semana da revista "Science". As pesquisas foram conduzidas pelo Consórcio Internacional para o Sequenciamento do Genoma do Trigo e envolveram mais de 200 cientistas de 73 centros de pesquisa espalhados por 20 países. Os estudos levaram 13 anos, por causa da complexidade do genoma, que possui 107.891 genes e 16 bilhões de pares de base, os blocos que formam o DNA. Por comparação, os seres humanos têm cerca de 20 mil genes e três bilhões de pares de base.

Fonte: Notícias Agrícolas

Indique a um amigo