Milho, trigo e soja sobem em Chicago com cobertura de vendidos antes de feriado

Indique a um amigo

CHICAGO, 31 Ago (Reuters) - Os contratos futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago atingiram máximas em uma semana nesta sexta-feira, impulsionados por uma enxurrada de vendas de
exportação e uma pequena cobertura de vendidos antes do feriado do Dia do Trabalho dos Estados Unidos, disseram operadores.

Os preços da soja e do trigo avançaram por compras técnicas e cobertura de vendidos, depois de terem registrado acentuadas quedas neste mês. O contrato dezembro do milho subiu 8,50 centavos de dólar, para 3,65 dólares o bushel. Na semana, o contrato teve alta de menos de 1 por cento.

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) disse nesta sexta-feira que os exportadores privados venderam 273,8 mil toneladas de milho norte-americano para destinos desconhecidos para entrega na temporada 2018/19, que começa no sábado.

A soja para novembro avançou 12 centavos de dólar, para 8,435 dólares o bushel, após tocar 8,2875 dólares, sua mínima desde meados de julho. Para o mês, o contrato novembro caiu 75,5 centavos de dólar
por bushel, ou 8,2 por cento. O contrato dezembro do trigo em Chicago ganhou 10,5 centavos de dólar, a 5,455 dólares o bushel, fechando o mês com uma queda de 27,75 centavos de dólar por bushel, ou 4,6 por cento.

A Statistics Canada estimou a produção total de trigo do Canadá de 2018 a 28,99 milhões de toneladas, abaixo da média das expectativas comerciais de 30,6 milhões de toneladas e da última estimativa do USDA de 32,5 milhões, dando suporte ao mercado do cereal nesta sexta-feira. A Bolsa de Chicago estará fechada na segunda-feira por conta do feriado do Dia do Trabalho e reabrirá na terça-feira.

 

Fonte: Último Instante

Indique a um amigo